halloween party

Como Fazer uma Festa de Halloween

Para os brasileiros, o Dia da Bruxas (31 de outubro) não tem a mesma relevância que para os americanos com o seu Halloween no entanto, a cada ano esta data vem ganhando cada vez mais adeptos, impulsionados pelos cursos de inglês interessados que seus alunos vivenciem uma parte da cultura americana, e também pelo comércio, interessado em vender os produtos característicos desta festa.

No entanto, para a maioria das crianças e adolescentes, independente da tradição do dia 31 de outubro ter ou não origem nacional, o importante é comemorar e sair da rotina escolar, por isso a festa do Halloween já se tornou uma data esperada com expectativa e recebida com alegria por eles.

Sendo assim, ao idealizar uma festa deste tipo deve-se atentar que ao escolher uma data para ela a opção é por um dia em que não haja interferência de outras festas do mesmo tipo para seus convidados por isso o fim de semana antes do dia 31 de outubro geralmente é uma boa data para sua realização.

Com relação aos convites, a ideia é que sejam muito criativos e que transmitam o tom da festa, ou seja, devem ser fantasmagóricos. Nele devem constar todos os detalhes como horários, uso de Fantasias de Halloween, necessidade de confirmação , etc. Algumas sugestões são fazê-los nas cores preto e laranja que são as tradicionais cores do Halloween, brincando com formatos do tipo abóbora , caveiras , chapéu de bruxa , caixão ou ossos.

Como se sabe, o Halloween para o povo Celta há mais de 2500 anos era a comemoração da volta dos mortos para tomar posse dos corpos dos vivos, porque eles acreditavam que no último dia do verão (no hemisfério Norte), 31 de outubro, os espíritos voltavam ao mundo dos vivos. Para assustar os fantasmas, os celtas espalhavam pelas casas objetos e figuras bem assustadoras, como caveiras, fantasmas, ossos e abóboras, conhecidas também como Jack O´Lantern (Jack da Lanterna). Toda esta decoração tinha como objetivo manter bem longe os espíritos. Por isso o Halloween tem a motivação de ser uma festa de muitos sustos e figuras macabras.

Então, para a decoração deve-se usar e abusar de elementos que remetam a esta idéia como:

– Iluminar a varanda, o chão ou as janelas colocando velas dentro de abóboras esculpidas (Jack da Lanterna).

– Trocar algumas luzes normais da casa por luzes negras.

– Usar muitas bexigas nas cores preto e laranja, que dão o clima do Halloween.

– Recortar morcegos de cartolina preta de vários tamanhos e pendurar no teto usando um fio de nylon.

– Colocar uma árvore cheia de galhos enforquilhados num vaso e decorar pendurando um chapéu de bruxa no topo, várias abóboras na base , luzes pisca-pisca na cor laranja e objetos em miniatura como duendes, bruxas, vampiros e fantasmas nos galhos.

– Espalhar teias de aranha falsas , esqueletos e ossos de plástico pelos móveis e paredes ou ainda corvos assustados, espigas e palhas de milho.

– Encher bexigas brancas com gás hélio, amarrar nas cadeiras com um barbante ou fio preto e desenhar olhos e boca de fantasma nelas (com uma canetinha preta).

– Espalhar brinquedos de plástico como aranhas ou caveiras pelas mesas dos convidados ou na mesa de doces.

– Para as mesas, brincar com as cores preto e laranja, usando toalhas das duas cores ou então fazendo um círculo de papel crepom laranja e colocando no centro das toalhas pretas (e vice-versa).

– Colocar um copinho com balas nas cores preto e laranja ou com dentaduras de vampiros no centro das mesas ou então decorar as mesas com pequenas abóboras ocas e velas dentro delas.

– Decorar o bufê com copinhos de plástico com refrigerantes de cores preto (tipo cola) e laranja (tipo fanta).

– Servir as bebidas numa bacia transparente , colocando pedaços grandes de bonecas como pernas, braços, mãos (previamente esterilizados).

As músicas e trilhas sonoras para o Halloween são um dos elementos essenciais para uma festa deste tipo . Com um pouco de criatividade dá para elaborar uma seleção que possa agradar a todos, desde crianças até adultos. Atentar porém que crianças pequenas podem se assustar facilmente com músicas mais aterradoras por isso o ideal é ter dois tipos de seleção, para atender ambos os públicos.

Uma mais leve e menos horripilante para as crianças pode incluir músicas conhecidas com temas como bruxas, vampiros, lobisomem, meia-noite, gato preto, etc. Para algo realmente assustador, pode-se fazer uma seleção de músicas de filmes de terror e tentar incluir efeitos sonoros, como portas rangendo, gritos de pessoas, sussurros de fantasmas , gemidos e gritos, vento soprando, tempestades , risadas maléficas, som de bichos como lobos e morcegos . Para amplificar os efeitos sonoros destas músicas o ideal é dispor alto-falantes pelo ambiente onde se realiza a festa.

No Halloween, os convidados devem vir fantasiados e isso já deve estar explicitado nos convites, indicando que o uso das fantasias tanto pelas crianças como pelos adultos é a parte principal da festa. Algumas idéias de fantasias são zumbi, múmia, fantasma, vampiro, bruxa, etc. Deve-se encorajar o uso por todos os convidados promovendo prêmios para as fantasias mais criativas, mais assustadoras ou mais divertidas.

Uma ideia legal é montar uma mesa para maquiar os convidados, fazendo gotas de sangue com batom ou gloss vermelho, pintando o rosto de branco com rodelas pretas nos olhos para um visual zumbi. As bruxas podem fazer uma pinta bem grande no nariz e pintar os lábios de vermelho ou preto

Uma opção bem divertida é montar um espaço para que possam esculpir abóboras, fazendo um concurso entre todos para revelar a melhor escultura. Para tanto fornecer abóboras de tamanhos variados, facas , estiletes e canetas certificando-se de que todas as crianças sejam supervisionadas nesta etapa da brincadeira. Ao término fazer uma exposição com todas elas, colocando velas acesas dentro e tornando-as parte da decoração.

Para as lembrancinhas, as opções são diversas. Podem variar desde embrulhar pirulitos em papel crepom preto e laranja ou então fazer um doce de abóbora e colocar em frascos pequenos esterilizados, amarrando uma colherzinha ao lado com uma fita ou ainda embrulhando caixinhas (recheadas de docinhos e brinquedinhos) com papel branco e desenhando olhos e boca de fantasma com uma canetinha preta.

Compartilhar no Google Plus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *