Free-Wallpaper-Christmas-Tree

O Natal em outros Países

De um modo geral, por ser uma celebração cristã, a comemoração do Natal segue algumas regras básicas quanto à sua tradição, porém em alguns países ele se diferencia em certos detalhes quanto à forma de como é comemorado.
Conheça algumas delas aqui:

Brasil

As tradições do Natal brasileiro são muito semelhantes às do Natal português. Monta-se presépios em casas, igrejas e até em lojas. O Papai Noel é quem traz os presentes As pessoas vão à missa do galo ou na missa do dia. Fora os enfeites comuns de Natal, há flores, fogo de artifício e muitas árvores de Natal enfeitadas com luzes brilhantes colocadas nas praças das maiores cidades do país.

Espanha

Fora das tradições mais comuns, no Natal os espanhóis também acendem hogueras (fogueiras) e saltam sobre elas (dizem que protege de doenças). É um costume que vem do tempo das festas do solstício do Inverno. Monta-se o presépio e criam-se cenas (representações teatrais) da Natividade; enfeitam-se árvores de Natal e acendem-se lamparinas e velas. Na véspera de Natal vai-se à Misa del Gallo (Missa do Galo), à meia-noite, anunciada pelo tocar dos sinos. Depois canta-se junto à árvore de Natal até de madrugada, balançando o corpo ao ritmo dos cânticos. Quem traz os presentes são os Três Reis Magos, no dia 6 de Janeiro (Dia de Reis). Na véspera as crianças colocam os sapatos nos degraus da entrada de casa para receber as prendas. Lá, ao invés do Papai Noel, Baltazar é o Rei Mago preferido.

Estados Unidos

Por terem sido colonizados basicamente por ingleses, receberam todas as tradições vindas desse povo, juntamente com as de todos os outros imigrantes que aí vivem. Têm um Natal semelhante ao do inglês, porém com tudo maior, ou seja, árvores de Natal enormes por todo o lado, iluminações dentro e fora das casas ricas em cor e em brilho, lojas e shoppings decorados com bonecos de neve, velas vermelhas e guirlandas. As crianças penduram meias de natal perto da lareira para esperar a chegada do velhinho barbudo e na véspera de Natal os vizinhos se unem para cantar “Christmas Carols” (canções de Natal), mostrando o espírito de confraternização. Já os presentes são abertos na manhã do dia 25.

França

O dia de Natal se celebra com toda a família reunida. Na véspera, as crianças colocam os sapatos em frente à lareira para que o “Père Noël” os encontre e deixe os presentes. Ele vem acompanhado do “Père Fouettard” (Pai Espancador) que bate nas crianças que se portaram mal. Depois da missa da meia-noite há uma refeição chamada de “Réveillon“, que também pode acontecer em cafés e restaurantes. Simboliza o acordar, o nascimento de Cristo. No final do “Réveillon” é costume deixar uma vela acesa, caso Nossa Senhora passe por ali. No norte de França as crianças recebem as prendas no dia 6 de Dezembro, que é o Dia de São Nicolau. Os franceses também fazem o Presépio (“Crèche), e cultivam a tradição da reconciliação no Natal, em que as pessoas visitam a casa de um inimigo para lhe pedir perdão. A reconciliação é, então, brindada com vinho. Nas creches, as crianças representam cenas da vida de Jesus e dos santos.

Grécia

País cristão porém ortodoxo (um dos ramos do cristianismo) faz-se um jejum de 40 dias e o Natal cai em 6 de janeiro. Na véspera , as crianças vão de casa em casa cantando kalanda (cânticos de Natal) e recebem doces, frutos secos e presentes. Benzem-se as casas todos os dias durante os doze dias do natal ortodoxo para se protegerem dos kilantzaroi, gnomos que descem pela chaminé e pregam peças nas pessoas.

Inglaterra

Diz-se que o Natal é celebrado há mais de mil anos, desde os tempos do rei Artur. Hoje; é uma festa muito importante onde as tradições natalinas são levadas muito a sério. Envolve corais cantando de casa em casa, músicas natalinas, toque de sinos e representações da cenas da Natividade. A árvore de Natal não podem faltar (é uma tradição iniciada por volta do século 19), juntamente com os ramos de azevinho e outras plantas verdes. Tudo fica decorado e iluminado. Na noite de Natal o “Father Christmas” desce pela chaminé e coloca os presentes nos sapatinhos. Nunca é visto porém sempre lhe deixam bolinhos e um copo de leite na lareira para que recupere as forças. Diz-se que ele distribui os presentes num trenó puxado por oito renas, chamadas Comet, Cupid, Vixen, Dancer, Prancer, Blitzen, Dasher e Donder.

Itália

Em todas as igrejas são montados presépios e a entrega dos presentes só é feita em 6 de janeiro que é o dia dos Reis Magos. Ali, quem tem mais prestígio é a Befana, uma velha com cara de bruxa, que visita as casas no dia 5 de janeiro, deixando doces para as boas crianças e um carvão para as más. Sua generosidade seria fruto de arrependimento já que negou abrigo e comida aos Reis Magos, quando eles seguiam para visitar Jesus, e agora tenta reparar o mal que fez.

Portugal

Uma das tradições mais antigas é deixar o sapatinho de cada criança da casa em frente à lareira e à meia-noite do Dia de Natal, uma ou várias prendas e doces aparecem. O presépio é muito importante e há outros elementos além de Nossa Senhora, São José e o Menino Jesus como os pastores, a vaca e o burrinho, a estrela do Natal, camelos, os Reis Magos , arbustos e palmeiras, pontes e outros animais. Decora-se a casa com guirlandas , árvore de Natal e o presépio. As ruas e lojas , edifícios e igrejas também são decorados. buy sell domain . Ao aproximar-se a meia-noite, muitas famílias vão à Missa do Galo e ao final da missa beija-se o Menino, como prova de devoção. Em algumas aldeias faz-se uma fogueira perto do adro da igreja para aquecer o Menino.

Belém

Onde Jesus nasceu, o Natal é comemorado com peregrinos e tribos árabes da região, que se ajoelham na cripta da capela dos franciscanos para adorar o berço de Jesus, que é conservado na igreja e montado apenas na noite de 24 para 25 de dezembro. Depois que termina a missa, os franciscanos oferecem aos peregrinos uma ceia composta de pão preto acompanhado de vinho.

Rússia

País cristão porém ortodoxo, São Nicolau é a figura mais popular. Lá o Natal é comemorado dia 7 de janeiro, 13 dias depois do natal ocidental. Com o regime comunista, nada que fosse religioso era festejado, mas hoje, a figura de uma velhinha chamada Babuschka, voltou a trazer presentes às crianças. Depois da Missa do Natal, as pessoas levam velas e outras luzes em procissão, rodeando a igreja. Quando terminam há cânticos e só depois cada família vai fazer a Ceia de Natal.

Alemanha

Segundo a tradição, alguns elementos devem fazer parte da decoração de uma árvore de Natal: Casa (proteção), Coelho (esperança), Xícara (hospitalidade), Pássaro (alegria), Rosa (afeição), Cesta de frutas (generosidade), Peixe (benção de Cristo), Pinha (fortuna), Papai Noel (bondade), Cesta de flores (bons desejos) e Coração (amor verdadeiro).

Canadá

Em certas regiões os jovens se fantasiam e vão de porta em porta visitar doentes e idosos além de tocar instrumentos e cantar nas ruas.

Argentina

As famílias se reúnem e fazem a ceia ao ar livre, nos quintais, ao redor das churrasqueiras.

Finlândia

A tradição natalina é de frequentar saunas na véspera de Natal além de visitar cemitérios para homenagear os entes falecidos.

México

A população realiza procissões para relembrar os difíceis acontecimentos que antecederam o nascimento de Jesus, que começam nove dias antes do Natal.

E você já esta preparado para o Natal? Quem sabe podemos ajudá-lo na decoração, confira em nossa seção Natalina.

Compartilhar no Google Plus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *