chaves

A Turma do Chaves!

Principal personagem da famosa série da TV mexicana e sucesso no Brasil pelo SBT durante muitos anos, Chaves é um menino órfão, sardento, travesso, atrapalhado e que adora sanduíche de presunto porém vive sempre morrendo de fome.

Segundo ele, mora no apartamento oito, mas passa a maior parte do tempo escondido num barril que fica no pátio da vila .

Também afirma que Chaves é apenas um apelido, mas sempre é interrompido todas as vezes que está quase a revelar seu verdadeiro nome a algum dos outros personagens da vila. Muitas vezes diz que tem pais, mas que estão ausentes no momento. Cada vez que chora, vai para dentro do barril e quando leva um susto muito grande cai imóvel e fica paralisado como se não sentisse nada e logo retorna assim que alguém joga um pouco de água em seu rosto.

Suas roupas são gastas, com uma camisa bem fina e surrada, uma calça curta presa por tiras sobre seu ombro esquerdo e sapatos além de um chapéu que parece ter orelhas caídas. Suas frases prediletas são: “Ninguém tem paciência comigo…”, “Tá bom, mas não se irrite…”, “Isso, isso, isso!”, “Foi sem querer querendo”, “Me escapuliu…” entre outras.

Sua maior virtude é a ingenuidade e um enorme coração além de ser sonhador, corajoso, sensível e leal e com isso atrai o carinho de todos ao seu redor. Idealiza no Seu Madruga o pai que nunca teve, mesmo quando recebe uns tapas e cascudos e devido à sua pobreza, é obrigado a se virar para ter o que comer e então trabalha como engraxate, servente de garçom ou fazendo bicos para os demais habitantes da vila.

Seu autor e idealizador Roberto Bolaños imaginou para Chaves uma versão bem-humorada de muitas crianças desta faixa etária que podem ser encontradas na grande maioria dos cortiços, vilas e favelas da América Latina, o que talvez possa explicar o sucesso que o personagem alcançou e a longevidade da série.

E que tal se divertir com uma linda Fantasia do Chaves? Na Animafest tem o Chaves, o Chapolin, o Kiko e até a Chiquinha!

Compartilhar no Google Plus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *